Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?

Educação

Saiba o que é educação inclusiva e porque ela é tão necessária

12 dezembro, 2019

Essencial para promover o desenvolvimento intelectual, social e emocional de milhões de crianças, a educação inclusiva tem sido pauta recorrente na Pedagogia.

Hoje em dia, “acessibilidade” é a palavra-chave, em diversas dimensões: metodológica, comunicacional, arquitetônica etc. Por isso, educadores têm se voltado cada vez mais para promover o ensino inclusivo.

Historicamente, nosso  ponto de partida é o ano de 1988, com a promulgação da Constituição Federal. Chamada de “Constituição Cidadã”, assegurou direitos a grupos sociais até então marginalizados, como as pessoas com deficiência – que participaram ativamente de sua elaboração.

Apesar dos avanços, ainda vivemos um momento repleto de desafios nessa área da Educação. Saiba o que é educação inclusiva e entenda sua importância na formação de milhões de pessoas.

O que é educação inclusiva e quais seus princípios?

O ensino inclusivo é um processo de ensino contemporâneo que tem como finalidade promover equidade no contexto escolar. 

A escola, enquanto instituição social, é responsável pela transmissão e a veiculação de conhecimento e práticas para todos, de forma dialógica e diversa.

Os cinco princípios gerais da educação inclusiva são:

1. Toda pessoa tem o direito de acesso à educação

As diferenças humanas são normais e a aprendizagem deve ser ajustada às necessidades de cada indivíduo. Todos têm o direito de receber educação de qualidade.

2. Toda pessoa aprende

Todo têm a capacidade de aprender, e é necessário promover genuína equalização de oportunidades. Existem diversos caminhos para o conhecimento, e conhecer todos eles é essencial para ajustar o processo de aprendizagem.

3. O processo de aprendizagem de cada pessoa é singular

Cada indivíduo é único em termos de aparência, cultura, história de vida e capacidade física e intelectual. Assim, é preciso garantir a universalização dos direitos educacionais e sociais.

4. O convívio no ambiente escolar comum beneficia todos

É necessário que todos os estudantes tenham direito à educação de forma integrada, independentemente de suas limitações e particularidades. 

Dessa forma, os estudantes têm a oportunidade de aprender, interagir e experimentar uma rotina em comunidade.

5. A educação inclusiva diz respeito a todos

O ensino inclusivo destina-se não somente para portadores de necessidades sociais, como também para qualquer outro tipo de diferença: física, mental, cultural, social, sexual, racial, étnica e características como altas habilidades, superdotação ou talentos.

Como adotar uma educação mais inclusiva?

Profissionais formados em Pedagogia especializados em Educação Especial, bem preparados e a par dos desafios do processo, são peças-chave nessa modalidade de ensino.

No contexto escolar, é preciso traçar um planejamento pedagógico com objetivos bem definidos, a fim de colocar em prática a educação inclusiva. Para cumprir essa missão, é essencial contar com:

  • Um currículo estratégico com diferentes arranjos organizacionais
  • Uma sólida rede de apoio (a escola por si não é capaz de viabilizar projetos e ideias sem ajuda de parceiros e apoiadores)
  • Promoção de ações de conscientização junto à sociedade em geral, para que a inclusão seja completa e não restrita ao ambiente escolar
  • Organização, flexibilidade e propostas diversificadas
  • Além de gestores e educadores, contar com o acompanhamento de profissionais de outras áreas, como médicos, psicopedagogos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas, além do apoio da família.
  • Implementação de atividades extracurriculares, a fim de ampliar o acesso ao conhecimento e promover a convivência em comunidade

Percebemos, portanto, que a educação inclusiva vai além dos muros da escola e das salas de aula: envolve a ação direta de diferentes frentes, que se relacionam de forma interdependente.

Além de contar com formação especializada, o educador precisa estar sempre se atualizando para inovar em sala de aula, além de ter a capacidade de criar uma atmosfera acolhedora. 

Principais desafios para implementar a educação inclusiva

Embora seja uma pauta atual e de suma importância, o ensino inclusivo brasileiro enfrenta diversos obstáculos. Entenda as dificuldades do processo:

Escassez de recursos financeiros

Para colocar em prática as atividades necessárias para educação inclusiva, é preciso investir em uma infraestrutura adequada, desde a construção planejada dos espaços escolares até as ferramentas audiovisuais.

Diante disso, um dos entraves do desenvolvimento e implementação do processo educacional de inclusão é a escassez de recursos financeiros, que acaba por frear o desenvolvimento de projetos por falta de investimento.

Despreparo da comunidade em geral 

É importante frisar que nem todos os profissionais de Pedagogia precisam ter formação especialista em educação especial, porém, todos deveriam estar bem preparados para conviver com os alunos em diferentes condições. 

É urgente que haja uma força-tarefa para promover uma conscientização geral e dar visibilidade ao assunto, de modo que prestadores de serviços, outros profissionais e demais famílias da comunidade escolar saibam acolher outros alunos.

Falta de profissionais capacitados

Outro obstáculo no cumprimento efetivo da educação inclusiva no Brasil é a limitada quantidade de profissionais com formação em Educação Especial, capacitados para lidar com alunos especiais. 

Atualmente, a demanda pelo estudo de Libras ou Braille ainda é baixa no país, e para adquirir esses conhecimentos específicos, cursos de extensão e especialização são fundamentais para formação e preparação contínua dos profissionais.

O primeiro passo para ingressar no ensino inclusivo é a formação em Pedagogia, curso repleto de possibilidades e com alta abrangência de áreas de atuação. 

O curso prepara o profissional para um mundo cada vez mais diverso e inclusivo, e repleto de desafios. Por meio de uma qualificação continuada, é possível formar educadores aptos para atender às mudanças da Educação.
Agora que você entende a importância da educação inclusiva na formação e construção do caráter do indivíduo, não se esqueça de assinar nossa newsletter. Assim, você sempre receberá dicas e conteúdos altamente relevantes para sua carreira profissional!

Newsletter VX Comunicação

Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?