Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?

Carreira

Saiba como montar seu currículo e ser destaque!

9 janeiro, 2020

Seja na hora de tentar um estágio ou uma oportunidade no mercado, muitos se perguntam: como montar o currículo e transmitir uma boa impressão para recrutadores? Como se destacar de outros candidatos?

Exemplificar atividades, enfatizar seus pontos fortes e suas conquistas mais recentes, de forma resumida, é um desafio para muitos. Afinal, um documento mal formatado ou pouco conciso pode colocar uma grande chance de trabalho em risco!

Cartão de visitas de todo profissional, o currículo é um dos mais importantes pontos de contato no mercado de trabalho. Para quem deseja conquistar o primeiro emprego e conseguir uma entrevista, o documento é o primeiro passo da jornada!

Atualmente, os formatos digitais são mais utilizados, especialmente em plataformas que oferecem vagas de trabalho. Também é possível enviar diretamente para o RH da empresa, por email, e algumas dicas fazem toda diferença na sua comunicação!

Se você não sabe como montar seu currículo, acompanhe o post: preparamos um passo a passo para você caprichar na sua apresentação!

A importância de um bom currículo

Quando o assunto é iniciação profissional, os currículos são uma poderosa ferramenta. O documento contém um resumo da educação, experiência profissional, qualificações, interesses e habilidades de uma pessoa.

Contar com um currículo bem estruturado é essencial para disputar vagas  no mercado de trabalho, pois representa uma vantagem competitiva. A forma como o candidato se apresenta é decisiva para chamar a atenção de recrutadores, que recebem grande volume de currículos todos os dias.

Muitos candidatos ao primeiro emprego e até mesmo profissionais mais experientes podem achar a tarefa difícil. Afinal, o mercado está mudando e a forma como disponibilizamos nossos atributos profissionais para recrutadores também se transformou.

Seja com layouts modernos (algumas plataformas ajudam a criar currículos disponibilizando templates, deixando-os mais amigáveis) ou mais simplificados, o importante é ter atenção em cada detalhe!

O que atrai um possível empregador é a qualidade do documento, que deve conter o máximo de informações, resumidamente, de forma sincera, direta e completa!

Como montar seu currículo

O maior desafio é criar um documento que siga uma hierarquia de informações, que devem ser facilmente “escaneadas” pelo leitor. Quanto mais objetivo, melhor! Confira o passo a passo para montar seu currículo.

1. Estrutura e formatação do documento

O primeiro passo é estruturar e formatar o documento seguindo algumas regrinhas. O visual é importante e aplicar essas normas ajudam a padronizar seu texto, tornando a leitura mais agradável.

A formatação inclui alinhamento, espaçamento, margens, tamanho e tipo de fonte, etc. Saiba por onde começar:

  • As margens devem conter 3 cm no lado superior e esquerdo, e 2 cm para o lado direito e inferior da página.
  • Alinhamento justificado à esquerda de cabeçalhos, níveis de experiência, informações educacionais e habilidades extra.
  • Fontes Arial, Calibri ou Times New Roman, tamanho 10 ou 12.
  • Espaçamento simples entre as linhas
  • Utilize linhas e marcadores tipo bullet point para listar atributos ou atividades.
  • Estabeleça um padrão para destacar palavras-chave e cabeçalhos.

2. Dados pessoais

Informe seus dados pessoais para que recrutadores possam entrar facilmente em contato com você. São eles:

  • Nome completo
  • Idade
  • Estado civil
  • Endereço
  • Cidade/Região
  • Telefones para contato (celular, residencial ou para recados)
  • E-mail 

3. Objetivo

Se você está iniciando sua carreira profissional, defina de forma simples e direta (em duas linhas) o objetivo que o levou a enviar o currículo para a empresa em questão. 

Caso não deseje elaborar um objetivo específico, utilize um título abaixo do seu nome para indicar a vaga a qual você deseja se candidatar. Assim, é possível verificar se essa abordagem está alinhado à área de atuação específica para a qual você está se candidatando.

4. Resumo de qualificações

Nesta seção, liste habilidades, conhecimentos e experiências que seriam positivos para a posição pretendida e  para a empresa. Seja honesto, sempre, e procure envolver o leitor conectando sua percepção aos valores da organização.

5. Formação Acadêmica

Informe sua formação acadêmica em ordem cronológica inversa, caso tenha mais de uma especialização. 

Caso ainda esteja cursando, informe a instituição de ensino superior e o respectivo período. A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano ou previsão de término.

6. Experiência profissional

Assim como a formação acadêmica, profissionais mais experientes devem listar o nome da empresa, cargo ocupado e período trabalho em ordem inversa.

Quem ainda não tem experiência podem incluir nesta seção participação em simpósios, atuação em centros acadêmicos, pesquisas de iniciação científica, monitorias e outras atividades podem ser incluídas nessa seção, caso esta informação tenha a ver com o vaga pretendida.

7. Cursos complementares

Workshops, cursos complementares, intercâmbios e atividades extracurriculares devem ser citadas de forma resumida e direta.

8. Idiomas

Liste os idiomas que você domina ou estuda no momento. Seja honesto nesse momento, pois algumas vagas realizam testes de conhecimento em língua estrangeira. Informe o idioma e o nível em que você se encontra – básico, intermediário, avançado e fluente.

9. Informática

Reúna seus conhecimentos em informática como pacote Office, domínio do Google, HTML básico e outros para que o recrutador visualize suas principais habilidades.

10. Revisão ortográfica e gramatical

Não se esqueça de revisar cuidadosamente seu currículo. Um erro ortográfico ou gramatical pode colocar em risco a impressão transmitida, prejudicando o candidato. 

Por mais bonito e bem estruturado que seja o seu documento, um deslize com a língua portuguesa pode ser fatal! 

Caso esteja em dúvida quanto à qualidade do texto, peça para outra pessoa dar uma lida antes de enviar!

11. O que evitar: os dont’s do currículo

Saiba o que não deve constar no documento:

  • Foto 3×4 (apenas se o empregador solicitar no anúncio da vaga)
  • Número de documentos, como RG ou CPF
  • Inserir “currículo vitae” ou “currículo” no título
  • Nome dos pais, cônjuge ou filhos
  • Referências pessoais
  • Motivo de saída de empregos anteriores, em caso de profissionais mais experientes
  • Pretensão salarial
  • Cartas de referência
  • Certificados de cursos realizados
  • Data e assinatura

Vale lembrar que este documento passível de mudanças. Com o tempo, a pessoa vai adquirindo experiência, portanto, mantê-lo atualizado é fundamental para facilitar candidaturas!

Agora que você sabe como montar currículo, não se esqueça de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de outras dicas para o mercado!

Newsletter VX Comunicação

Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?