Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?

Educação

Entenda porque o pedagogo precisa aprender Libras

20 dezembro, 2019

É fato que Pedagogia e Libras têm promovido uma ampla discussão a respeito do ensino inclusivo no Brasil. 

Como implementar dinâmicas eficazes em sala de aula? Como popularizar a linguagem de sinais? O Pedagogo precisa aprender LIBRAS? Essas e outras questões fazem parte da realidade de educadores de todo o país.

Além disso, é sabido que a aquisição da Língua de Sinais para os surdos vai além da necessidade de comunicação em sociedade. Este processo demanda maior integração e engajamento dos ouvintes com a LIBRAS, e dos surdos com a língua portuguesa.

Entenda porque todo pedagogo precisa aprender LIBRAS e qual sua importância na formação de cidadãos proativos para a construção da sociedade.

Saiba o que é LIBRAS:

LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) é a língua de sinais usada pela comunidade de surdos no Brasil, reconhecida como língua oficial desde 24 de Abril de 2002. 

Assim como a língua oral, a LIBRAS é composta por fonemas (sons da fala), níveis linguísticos próprios como fonologia, morfologia, sintaxe e semântica. 

Da mesma forma,  na língua de sinais também existem itens lexicais (palavras simples ou grupos de palavras no vocabulário de uma língua), denominadas como sinais. 

Estes sinais são formados a partir da combinação da forma e do movimento das mãos e do ponto no corpo ou no espaço. Além da gramática, vale ressaltar que a Libras também possui variações (regionalismos), abrindo um infinito leque de possibilidades de comunicação.

Curiosidade: A Libras foi criada em 1857, junto com o INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos), a partir de uma mistura entre a Língua Francesa de Sinais e de gestos já utilizados pelos surdos brasileiros. 

O primeiro educador para surdos que se tem registro é o espanhol Pedro Ponce de León (1520 – 1584), monge beneditino que estabeleceu uma escola para surdos no Mosteiro de San Salvador em Oña Burgos.

Entenda a importância do pedagogo saber LIBRAS

Mas, todo pedagogo precisa aprender LIBRAS? Considerando a diversidade e inclusão como condições indispensáveis para o progresso de uma sociedade, é importante que o profissional esteja preparado para lidar com todo tipo de aluno!

Motivos não faltam para se familiarizar com a língua de sinais:

Educação inclusiva

A comunicação é o canal para expressão da individualidade, da troca de experiências, da aprendizagem, da emoção, do intelecto e do pensamento crítico. Somos seres sociais, e saber se comunicar bem é condição essencial para viver em sociedade.

Ao dominar a LIBRAS, o profissional poderá atuar na educação inclusiva e promover um ambiente linguístico rico e com inclusão social, inspirando outros profissionais e capacitando milhões de jovens e crianças portadoras de deficiência auditiva.

O educador especializado é capaz de construir e adaptar as matrizes curriculares, por meio de técnicas e ferramentas que melhor se adequem às características dos estudantes. 

Educação mais humanizada

Tornar o ambiente de aprendizado em espaço de acolhimento, empatia, compreensão e respeito é um grande desafio para o educador. 

Por meio da fluência em LIBRAS, o pedagogo consegue entender de forma completa o que o aluno expressa, aproximando-o de sua realidade. Essa relação fortalece o vínculo afetivo, tornando o aprendizado mais eficaz e humanizado.

Novas possibilidades de carreira

Em um mercado cada vez mais competitivo, ter um diferencial no currículo é sempre bem-vindo! O ensino inclusivo conta com diversas oportunidades de trabalho, tanto em escolas quanto empresas, abrindo portas para novas possibilidades de carreira.

Além de estar preparado lecionar na Educação Infantil e ensinos Fundamental, Médio e Superior, o profissional também está qualificada para atuar como tradutor/intérprete em áreas como saúde, assistência social, jurídica etc.

Essa especialização representa uma grande vantagem competitiva, possibilitando a inscrição de profissionais em concursos ou colocação nos setores públicos. 

Aquisição de novas habilidades

O pedagogo precisa estudar LIBRAS pelo simples fato se se tratar de uma língua não-verbal. A língua de sinais consiste em expressões faciais, corporais e outras características, e sua materialização é mais visual. 

Assim, com o tempo, o profissional desenvolve um raciocínio mais veloz e alta capacidade psicomotora, além de aprimorar habilidades interpessoais e tornar qualquer outro tipo de aprendizagem mais eficaz e rápida.

O profissional do futuro precisa estar sempre se atualizando, de olho nas mudanças e tendências em Educação. Diversidade e inclusão são pautas contemporâneas cada vez mais frequentes, e essa jornada, ainda que seja repleta de desafios, está só começando! 

Com a tecnologia a seu favor, a educação inclusiva pode romper barreiras de comunicação, facilitando a troca de conhecimento e até mesmo na formação de milhões de crianças e adolescentes.

As diferenças fazem parte da individualidade do ser humano. É essencial ressignificar  contextos e formas de pensar, em prol de uma educação que atenda a todos, sem exceção! 

Deseja ficar por dentro de todas as novidades do assunto? Assine nossa newsletter e não perca nossos posts!

Newsletter VX Comunicação

Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?