Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?

Carreira

Como funciona a faculdade: 5 dicas para entender

20 setembro, 2019

Termina o Ensino Médio e todos se perguntam: afinal, como funciona a faculdade? Ingressar no Ensino Superior é um grande passo na vida de uma pessoa, e é normal que surjam dúvidas nesse momento!

Por outro lado, quem é mais experiente e já atua no mercado de trabalho também pode achar bastante desafiante esse processo. 

Iniciar uma nova fase em um ambiente acadêmico, repleto de novidades e novos contatos, gera muitas expectativas. Embora seja totalmente diferente da escola, a universidade é igualmente um espaço de descobertas, de crescimento interpessoal e intelectual.

Para entender melhor como funciona a faculdade, na prática, separamos algumas dicas valiosas para auxiliar você!

Guia prático: como funciona a faculdade

1. Entenda a diferença entre os principais tipos de instituição

Você sabia que o Ensino Superior oferece diversas possibilidades? Cada instituição possui características próprias, sejam elas públicas ou privadas.

A faculdade, por exemplo, pode atuar em mais de uma área de conhecimento, porém dependem de autorização do MEC para abrir de cursos. 

A universidade, por sua vez, possui total autonomia e não necessita de autorização do Ministério da Educação para abrir cursos. Esta instituição é responsável pela elaboração de atividades de ensino, pesquisa e atendimento à comunidade em diversas áreas de conhecimento. 

Assim como a universidade, os centros universitários também possuem autonomia, no entanto, não têm a obrigação de realizar atividades de pesquisa e extensão.Já os Institutos e Centros Federais de Educação Tecnológica funcionam da mesma forma que as universidades federais.

2. Presencial ou a distância?

Antigamente, só era possível fazer um curso superior frequentando aulas de forma presencial. Com a transformação digital, esse quadro mudou, facilitando a formação de milhares de estudantes, não só no Brasil como no mundo.

Dependendo da rotina do estudante, e também de outras questões como localização geográfica, o ensino a distância (EAD), que consiste em grande parte do curso em um ambiente virtual, exige que o aluno vá à instituição apenas para realizar atividades práticas.

Vale lembrar as instituições devem tenham credenciamento especial do MEC para abrir essa modalidade de curso.

3. Escolhendo o tipo de graduação 

O curso superior se divide em 3 tipos. O bacharelado é o mais conhecido, e proporciona uma formação abrangente para atuar em vários setores do mercado. Duração do curso: entre 3 e 6 anos. 

A Licenciatura, que tem duração de 4 e 5 anos, diz respeito à formação de professores ou é da área de Pedagogia. Já o Tecnológico/Técnico é voltado para preparação profissional para o desempenho de uma atividade mais específica e tem duração mais curta, de 2 a 3 anos.

4. Como entrar na faculdade

Embora muitas faculdades e universidades tenham seus próprios vestibulares, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o principal processo seletivo do Brasil. As instituições podem ou não combinar nota do vestibular com a nota do Enem.

Há também outro processo seletivo para ingressar na faculdade: o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Este sistema informatizado do MEC abrange aproximadamente 130 instituições federais e estaduais de Ensino Superior, que oferecem vagas aos participantes do Enem.

4. Programas de financiamento

As bolsas de estudo e financiamento são soluções para quem deseja cursar, porém, necessitam de algum tipo de auxílio ou incentivo. Um dos mais conhecido é o ProUni, semelhante ao Sisu, mas que consiste na disputa de bolsas (integrais ou parciais) para estudar em instituições privadas.

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), por sua vez, financia até quase 100% da mensalidade em instituições privadas. Como é um financiamento e não  uma bolsa, o valor precisa ser devolvido após a conclusão do curso, com juros de 6,5% ao ano. 

Primeiros dias de aula: como proceder?

As maiores diferenças entre a escola e a faculdade são a rotina de aulas, a forma como as atividades são conduzidas, as avaliações e o material utilizado. 

No primeiro dia de aula, leve um pequeno caderno e caneta para fazer anotações, e deixe para adquirir o restante do material quando souber certinho a sua grade de aulas. Procure veteranos para coletar dicas para facilitar seu dia a dia, e sempre tenha os contatos dos professores para envio de atividades por email.

Embora seja um espaço de liberdade e autonomia, vale destacar que é preciso ficar ligado nas aulas e nos prazos de entrega de trabalhos. Com disciplina e dedicação você poderá aproveitar muito bem a graduação, preparando-se para competir no mercado e fortalecendo sua rede de contatos! 

Agora que você já sabe como funciona a faculdade, não deixe de assinar nossa newsletter para ficar por dentro de tudo que acontece no Ensino Superior!

Newsletter VX Comunicação

Quer saber como escolher o curso certo para a sua carreira?